sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Exemplo de Demissão de Funcionário com Aviso Prévio Trabalhado


Considere um funcionário com um ano e quatro meses de trabalho, com salário de R$ 2.400,00, admitido em 01/01/2011 e demitido em 30/04/2012, que não tirou suas férias ainda. O saldo de sua conta do FGTS é de R$ 3.072,00 referentes ao depósito de R$ 192,00 durante de 16 meses (um ano e quatro meses)

Saldo de Salários 30 dias:
Total: R$ 2.400,00

13º Proporcional a 4 meses: R$ 2400,00(Salário)/12 (meses) X 4 (meses trabalhados)  Total: R$ 800,00

Aviso prévio Lei nº 12.506/11: R$ 2400,00(Salário)/30 (dias) X 3 (Dias por Ano):
Total: R$ 240,00

Férias Vencidas Indenizadas: R$ 2400,00(Salário)
Total: R$ 2400,00

Férias Vencidas 1/3: R$ 2400,00(Salário)/3 (um terço)
Total: R$ 800,00

Férias Proporcionais: R$ 2400,00(Salário)/12 (meses do ano) X 4 (meses trabalhados)
Total: R$ 800,00
  
Férias Vencidas 1/3: R$ 800,00(Férias proporcionais)/3 (um terço)
Total: R$ 266,67

Total da rescisão: R$ 7.706,67

O custo da rescisão contratual do funcionário é de R$ 7.706,67

A multa do FGTS é calculada assim:

R$ 3.072,00 (Saldo FGTS) / 50% (Percentual da guia)

Total: R$ 1536,00

Total da demissão: R$ 7.706,67 + R$ 1.536,00 = R$ 9.242,67

Este é um cálculo baseado em valores exagerados justamente para demonstrar o quanto é caro demitir um funcionário e que esta decisão deve ser avaliada cuidadosamente. Embora este exemplo seja claro, recomendamos sempre a consulta a um profissional especializado, uma vez que neste exemplo foram citadas somente as verbas principais, podendo haver outras, de acordo com o cargo do funcionário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário